Muita gente acredita que ter dinheiro no banco é garantia de que ele está sendo protegido. No entanto, isto não é verdade. Existe um inimigo que espreita e ataca o rendimento de seu dinheiro: a inflação.

Sendo assim, a poupança, a aplicação mais tradicional no Brasil, não foi criada para proteger o dinheiro de quem aplica da inflação. Esta atinge implacavelmente a todos, mesmo os que não investem em lugar algum.

É muito comum que os bancos ofereçam os investimentos mais tradicionais de sua carteira para seus clientes, pois eles são muito mais lucrativos para estas instituições. No entanto, aquele que aceita fazer estes investimentos tem a falsa ideia de que está protegido e fazendo mais dinheiro.

Como se proteger contra a inflação em alta?

O primeiro sinal de inflação alta é o aumento de preços de produtos variados. E quem investe em renda fixa precisa ficar atento para que o aumento não acabe com seus rendimentos.

Neste cenário, o ideal é que os investidores busquem opções de renda fixa pós-fixadas e produtos que sejam atrelados à inflação para ter retorno. As debêntures e os CDBs (Certificados de Depósito Bancário) são exemplos de formas de se proteger.

A preocupação neste momento é com a alta dos preços, pois o Banco Central pode tomar a decisão de subir a taxa básica de juros (Selic) para segurar qualquer alta de demanda. Isto faz com que todos os investimentos pré-fixados percam rendimento, pois as taxas são fixadas previamente, no momento em que ocorre a aplicação.

No entanto, as opções de investimentos pós-fixados têm seu rendimento nominal conhecido no exato momento do resgate. Sendo assim, a aplicação se beneficiará de um período de alta de juros.

Melhores investimentos

O mais importante para o investidor é manter uma carteira diversificada, pois embora ele possa perder em alguns investimentos com a alta da inflação, ganhará em outros.

Para aqueles que tem parte do que investiu em renda fixa, pode optar por títulos do Tesouro IPCA, que são atrelados à inflação. Além destes títulos, há as debêntures e os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e Imobiliário (CRI).

As debêntures, por exemplo, se fazem uma boa opção, porque são uma combinação de rendimento com a variação da inflação. Quem quer investir, é pessoa física, mas não deseja pagar imposto de renda, pode ainda optar pelas chamadas debêntures incentivadas.

Os CDBs são empréstimos realizados para as instituições bancárias privadas, para que se possa financiar as suas atividades. Eles podem ser emitidos com prazos que vão de três meses a cinco anos e sua liquidez é diária, após ser cumprido o período inicial de carência.

Os CDBs são aplicações garantidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Mas é importante ressaltar que é preciso buscar os CDBs que tenham rendimento acima de 100% do CDI, que segue a SELIC.

Gostou do post? Agora abra a sua conta na Moinhos Investimentos. Temos à sua disposição todos os tipos de ativos financeiros das melhores instituições do mercado, disponíveis em uma única conta. Nossa equipe é especializada em entender suas demandas como investidor para fornecer uma assessoria personalizada de alta qualidade, alinhada com seu perfil e seus objetivos. Somos uma empresa credenciada à XP Investimentos.

 

 

Venha investir com a Moinhos Investimentos

Seu patrimônio pode render mais quando investido nos lugares certos
Fale agora com um de nossos assessores.
Não perca mais tempo, nem dinheiro.

 

Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº 497/11. A Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. atua no mercado financeiro através da XP Investimentos CCTVM S/A, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.gov.br > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos) ou através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012 (http://www.ancord.org.br/Website_Ancord/index.html > Agentes Autônomos > Consultas) ou através do site da própria XP Investimentos CCTVM S/A (www.xpi.om.cbr > Encontre um escritório > Selecione abaixo o estado e a cidade que deseja pesquisar > Veja a lista dos agentes autônomos). Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. Esta mensagem, incluindo os seus anexos, contém informações confidenciais destinadas a indivíduo e propósito específicos, sendo protegida por lei. Caso você não seja a pessoa a quem foi dirigida a mensagem, deve apagá-la. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes nesta mensagem. As informações contidas nesta mensagem e em seus anexos são de responsabilidade de seu autor, não representando necessariamente ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. O investimento em ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da XP Investimentos no telefone nº 0800-722-3710.

You don't have permission to register