Se você está pensando em começar a investir o seu dinheiro – e está extremamente
correto – o primeiro passo é entender os conceitos que permeiam o mercado financeiro
para se familiarizar com ele o máximo possível. Pensando nisso, hoje vamos responder as
dúvidas mais frequentes a respeito de fundos de investimento.

 

O que é um fundo de investimento?

É uma modalidade de aplicação financeiro que coleta investimento de diversos
investidores e o aplica em diversos ativos. Nesse caso, o investidor é chamado de cotista
e ele tem direito a uma parte desse fundo, que seria a sua cota. O valor dessa cota vai
depender do total aplicado e da quantidade de cotistas. O importante é destacar que vários
investidores disponibilizam um valor para aplicar e esse valor vai ser gerenciado e
distribuído em ativos por um profissional.

 

Como é feita essa distribuição de ativos?

O maior objetivo do fundo de investimento é valorizar as cotas o máximo possível ao longo
do tempo. Por isso, o especialista responsável por gerir as aplicações estabelece
parâmetros dentro da política de investimentos e também analisa constantemente os
diferentes fundos para identificar quais são os mais promissores.

 

Qual a diferença entre cota de abertura e cota de fechamento?


Existem esses dois tipos de cotas. Basicamente, a cota de abertura é o valor
correspondente a cada investidor logo no início do dia. Já a de fechamento é apurada
após o encerramento dos mercados.

 

O que é Benchmark?


Nesse contexto, chamamos de benchmark a referência que serve para monitorar o
desempenho daquele fundo de investimento. Na maior parte dos casos, o objetivo é
superá-lo. Mas também há modelos de gestão de fundos que apenas acompanham essa
métrica, sem se movimentar no sentido de ultrapassá-la (gestão passiva).


Quais são os tipos de fundo de investimento?


Esses fundos podem ser tanto de renda fixa quanto de renda variável. O que difere um tipo

do outro é justamente a natureza dos ativos que são negociados:


– Fundos de renda fixa: investem em aplicações de renda fixa, ou seja, títulos públicos
federais, títulos da dívida pública e de bancos privados, entre outros ativos de renda fixa.


– Fundos de ações: são os fundos que investem, pelo menos, 67% da aplicação total em
renda variável, por exemplo, ações listadas na bolsa de valores.


– Fundos multimercados: é o tipo mais versátil de fundo de investimento, uma vez que
pode operar em diferentes ativos, transitando entre renda fixa, ações e até investimentos
no exterior. A política de investimento de cada fundo é determinada pelo seu mandato,
onde é especificado o tipo de estratégia que o gestor irá desenvolver.


– Fundos cambiais: para que um fundo seja considerado cambial, deve investir, no mínimo,
80% do valor total em moedas, como dólar e euro, por exemplo.

 

Quais são as vantagens de um fundo de investimento?

Um dos principais benefícios do fundo de investimento é justamente poder contar com um
especialista gerenciando as aplicações. E justamente por isso, é possível conseguir um
bom rendimento, já que esse profissional se dedica totalmente a aproveitar as melhores
oportunidades do mercado!
Quer saber mais sobre esse assunto? Entre em contato conosco! Nossa equipe está à
disposição para lhe orientar!

 

 

Venha investir com a Moinhos Investimentos

Seu patrimônio pode render mais quando investido nos lugares certos
Fale agora com um de nossos assessores.
Não perca mais tempo, nem dinheiro.

 
 

 

Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº 497/11. A Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. atua no mercado financeiro através da XP Investimentos CCTVM S/A, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.gov.br > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos) ou através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012 (http://www.ancord.org.br/Website_Ancord/index.html > Agentes Autônomos > Consultas) ou através do site da própria XP Investimentos CCTVM S/A (www.xpi.com.br > Encontre um escritório > Selecione abaixo o estado e a cidade que deseja pesquisar > Veja a lista dos agentes autônomos). Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. Esta mensagem, incluindo os seus anexos, contém informações confidenciais destinadas a indivíduo e propósito específicos, sendo protegida por lei. Caso você não seja a pessoa a quem foi dirigida a mensagem, deve apagá-la. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes nesta mensagem. As informações contidas nesta mensagem e em seus anexos são de responsabilidade de seu autor, não representando necessariamente ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da Moinhos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. O investimento em ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da XP Investimentos no telefone nº 0800-722-3710.

You don't have permission to register